domingo, 7 de junho de 2009

Possibilidades


Eu poderia te dar meu mundo,

Mas não pretendo te prender em minha ilha de sonhos...

Eu poderia te dar meu tudo,
Mas o pouco que me restou não é o suficiente....

Eu poderia te dar meus sentimentos mais profundos
Meus gestos mais proibidos,
Minhas muitas palavras 
Ou meus poucos silêncios...

Eu poderia te dar promessas de um futuro,
Ou lembranças de um passado...

Eu poderia... Eu não posso!

01 jun 09  00:38

5 Pensaram a respeito:

pensando nas coisas da vida disse...

Poder fazer algo,ñ significa q iremos fazer.
Dá um coração,um toque é mais...Se privar disso talvés deixa-a sem saber o motivo,mas ñ é isso.Quando nos doamos tem q ser por inteiro,migalhas ñ servem quando falamos de amor.Quando resolvemos nos dá a alguém, sabe nos mostrar tem q ser no sentido total da palavra,se assim ñ for melhor se reservar mais um pouco.Ao se doar o faça por inteiro e assim terá certeza q apesar da dor de algo q foi muito o envolvimento de se encontrar e descobrir algo novo recorforta o nossos corações q tanto apanham disso q chamamos AMOR.
SOCORRO MEDEIROS

Anônimo disse...

Nada a ver o comentário dessa mina ae Socorro.
Td mt mal escrito, fia. Quase que eu não entendi o que ela estava querendo dizer. Tipo assim, os textos dos meus colegas de oitava série são mais bem escritos que o dela. Acho que ela não tem word no pc dela.
E a respeito do poema, tia Ma: Ficou fooooooooooooda! Qualquer dia desses eu descubro onde vc mora e vou te visitar :)

Mônica disse...

Kkkkkkkkk
"tia Ma?" Eu só não pergunto que é, porque está anônimo!
Belo trabalho o seu :)

Bruna Steinbach disse...

Se jogaaaaaaaaaaaa Marília!!

CARLA FABIANE... disse...

AMIGA...
lembra-te sempre de que:
A vida não é medida pelo número de vezes que respiraste,
mas pelos momentos em que perdeste o fôlego:
de tanto rir
de surpresa
de êxtase
de felicidade...

Beijos