domingo, 20 de fevereiro de 2011

Babi



A Babi ou Ms. Chappets está doente! Doente e sozinha. Sinto-me um nada por causa disso, logo eu que me sinto no direito de reclamar, esbravejar, me irritar, gritar quando sou abandonada, fiz isso com quem sempre me amou sem pedir nada em troca.

Ela gosta de Ventilador

Ela Realmente gosta de ventilador
 
Ela adooora ventilador
Seguindo seu instinto ela abandonou os filhotes, para que eles se virasse sozinhos, dois desses filhotes eu adotei e ela parou de vir no meu quarto por causa deles dois e cega que eu fui não percebi que era o dever dela fazer isso com eles para que seguissem seus caminhos, mas não estava em seus planos me deixar de lado também. Não percebi que ela ainda me acompanhava quando eu chegava em casa e que ela sentia minha falta também.
Espalhada
Recentemente ela deu cria de novo e eu "ocupada com os outros dois filhotes" não dei a mínima assistência a ela que se viu desesperada em meio à reforma da casa. Só via de longe a coitada carregando a nova ninhada pra cima e pra baixo, procurando um lugar onde os pedreiros não estivessem mexendo e eu só olhava isso, normalmente ela os traria para o meu quarto e então eu daria um jeito de deixá-los num lugar seguro, mas eles simplesmente não cabiam mais aqui porque eu já tinha dois que ela não queria mais. Então o que aconteceu foi que antes dos filhotes aprenderem a andar direito sumiram. Todos. Desapareceram da noite para o dia, não sei o que houve, se ela os levou para algum lugar, se alguém os soltou, não sei. Só sei que por minha causa mais uma vez ela sofreu. Sofreu porque o leite empedrou, os seios incharam e ela miava de dor e eu só fiz passar a mão em sua cabeça duas ou três vezes no lugar de fazer massagem e dar compressa como da última vez.
Cansada
Sem os novos filhotes, ela quis voltar pra mim. Mas no meu quarto não a cabia mais, porque o Modi está em plena puberdade e iria querer fazer filhos com ela. Só a deixei do lado de fora. Ela começou a subir, vir pra cozinha, chamar na porta do meu quarto. Até que essa semana apareceu com um lado do rosto inchado, brigou por certo, e ontem ou antes de ontem esse inchaço estourou. Está uma ferida enorme no seu rostinho. Ela veio me pedir ajuda, fica em cima do parapeito do segundo andar o dia inteiro, me esperando sair do quarto.
Pedindo
Isso me dói tanto. Não poder ajudar, não poder fazer nada, não poder trazê-la pra dentro, porque de qualquer forma, também estou apegada aos dois que eu adotei e ela não convive bem com eles. Se eu pudesse voltar no tempo... Com Babi era tudo muito mais fácil, ela ficava no quarto quando queria, saia quando queria, não me dava trabalho e não deixava meu quarto fedendo.

Grávida
Dormindo enquanto estudo
Babi foi a única que ficou comigo quando eu não tinha mais ninguém, foi a única que nunca exigiu nada de mim e gostava de mim desse jeito que eu sou. E sou uma pessoa muito ruim por abandona-la assim. Porque mesmo depois de todos esses meses sem dar bola pra ela, agora só em chegar perto ela ficou toda feliz, como se nada tivesse acontecido. Mesmo sem eu dar nada, só por estar perto, só por ser eu.
Antenada
Curtindo um som
Aprontando
Dormindo
Por isso o que posso tentar fazer para concertar esse erro terrível é uma cirurgia para esteriliza-la, evitar que ela tenha mais crias e sofra mais e assim ela poder conviver com os filhotes que rejeitou e voltar a frequentar o meu quarto. Sei que nada que eu fizer vai substituir o que eu deixei de fazer, mas preciso me redimir de alguma forma.



6 Pensaram a respeito:

Anônimo disse...

Visão prazeroza neste espaço, tópicos como aqui está emotivam aos que analisar neste blogue :)
Entrega mais de este web site, a todos os teus utilizadores.

Mônica de Andrade disse...

Todo filho um dia volta pra casa, viu? Eu num conheço o ditado nao, mas ele diz por aí o que eu disse aqui :P

Ahhh e Cliquei nas imagens e elas nao clicaram ¬¬
Beijo

Marília Domingues disse...

*Anônimo
Obrigada!

*Verdade Mônica, mas voltar à casa às 3 da matina miando desesperadamente não é legal, rsrs.

E realmente não sei o que há de errado com o blog, ele tá revoltado :S

Bjus.

Anônimo disse...

Você não foi nada legal com ela. Só pensei nas minhas meninas... Nunca as abandonaria assim! Tomara que ela fique bem.

Marília Domingues disse...

*Anônimo: Tecnicamente eu não a abandonei, porque tem mais aproximadamente 50 meninas na casa. Só que eu desde que cheguei aqui fui eu quem fiquei mais próxima, mas a Babi já estava aqui muito antes de mim.

Senti-me culpada, claro, mas também não posso mais abrir mão dos dois q estão comigo.... Como resolvo Isso?
Dou comida e água, mas nãoposso deixá-la aqui como antes, senão ela vai querer fazer filhotinhos com o próprio filho.

Anônimo disse...

É... Você tem razão. Me desculpe se a interpretei mal no último post.
O jeito agora é fazer a histerectomia da Babi pra prevenir novas ninhadas e também para que ela possa voltar a frequentar o seu quarto...

Boa sorte! ^^