segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Palavras Nº não sei quanto


Não sei mais escrever,

Não sei mais se escrevo o que quero ou o que me leem
Não sei mais o que as palavras querem dizer
Não sei...

O que deve ser dito quando as palavras não querem calar, mas não podem significar o que querem dizer?
O que deve acontecer para que as palavras voltem a ser elas mesmas?
Os fatos não mudam as palavras, mudam seus significados, omitem algumas, expõem outras.
As palavras não são as mesmas.
São pesadas, medidas, pensadas e repensadas, e mesmo assim ainda saem muitas vezes, de qualquer forma.

As palavras, às vezes, não saem, ficam presas na garganta, imploram por alguém que as escute, alguém que as entenda, mas elas não saem, se prendem a si mesmas, unem-se formando um nó e ali ficam, tirando o ar e a razão.

Não sei mais escrever
As palavras não me entendem mais, não me explicam
Não me expõem, não me ajudam
Minhas palavras agora são somente minhas
E ainda não sei fazê-las minhas apenas.

1 Pensaram a respeito:

Mônica disse...

Normal, qualquer dia desses você (re)aprende :)