sábado, 11 de julho de 2009

O encontro

Tudo o que sei é que tinha o cabelo liso, comprido e loiro. Loiro não, castanho claro. Lembro dos seus olhos meio apertados, negros e dos lábios bem desenhados formando um "bico", muito sexy por sinal. Quando riu, mostrou uma falha entre os dentes, não os da frente, mas o suficiente para tornar o sorriso único.


Uma pena que não me recordo inteiramente! Não lembro o timbre de sua voz, nem do seu rosto como um todo, apenas de partes. Não lembro do seu corpo, nem sua altura. Não sei que roupa vestia ou se carregava alguma bolsa. Não lembro do seu cheiro. Até seu nome esqueci. Hipnotizada que estava por seus olhos e lábios. Sei que as palavras saiam de sua boca com certa desenvoltura e também que possuia um sotaque forte típico do sertão.

Lembro que precisei lhe falar, mas que não sabia o que dizer. E que quando nos separamos quis que viesse comigo. Lembro que me desesperei quando percebi que não conseguia lembrar de seu rosto. E como fiquei extremamente nervosa quando nos reencontramos. Lembro que eu queria ficar perto, que sentia inveja de sua acompanhante.

Fiquei triste por ter que ir embora. E meu coração disparou quando no encontramos de novo mais tarde. Busquei pretextos para falar, para chegar perto, tentei provocar e quando estava indo embora, eu fingi não ligar. Acenei de longe como se não me importasse. Não sei porquê.

Abraçou-me cordialmente e mesmo assim senti algo percorrer todo o meu corpo, tentei não demonstrar meu nervosismo. Sorriu-me de forma gentil. Perguntei até quando ficaria e quanado voltaria. Disse que não sabia, fiquei triste achando que nunca mais nos veríamos.

Foi embora, eu fui embora. E a vida voltou ao normal. Às vezes ainda penso nos cabelos loiros (castanhos claros) e dos olhos apertados, mas mal consigo lembrar do seu rosto. Então deixo pra lá, esqueço rápido, nada aconteceu, não vai voltar...

Prólogo: Algumas coisas significam muito, outras não querem dizer nada... nem tudo é o que parece, algumas coisas não se disfarça, outras não se tenta esconder, outras são confusões e o pior: Ilusões.

2 Pensaram a respeito:

F.K! disse...

k.
ooouuuuuuuu.
kkk.
ou um preto de cano alto...

(eu to muito queimado visse?
e a culpa eh sua!)
kkk

Marília Domingues disse...

kkkkk, também tô pw... Agora eu sei como um churrasco se sente.. ¬¬